Finanças para Casais | Como Fazer um Planejamento a Dois?

Primeiramente, gostaria de deixar claro que, com este post, não quero mostrar para você que tenho a vida a dois mais maravilhosa do mundo. Com certeza não e como todo casal, eu e o marido enfrentamos muitos desafios, temos nossos desentendimentos e reconciliações.

Porém, o que eu quero compartilhar aqui são os 2 aprendizados mais importantes que tivemos ao longo de quase 8 anos de relacionamento, para que pudéssemos realizar os nossos desejos e objetivos, principalmente, os que envolvem as finanças.

Então, vamos lá?

1. Diálogo

Esse é o ponto de partida e o essencial para que o planejamento de uma vida a dois dê certo e os objetivos do casal sejam conquistados. Cada um precisa deixar bem claro ao parceiro ou parceira o que gostaria de fazer e analisar as possibilidades juntos.

Eu e o marido conversamos sobre as nossas finanças, pelo menos, 1 vez por semana para alinhar o que temos, quanto receberemos, as responsabilidades e os investimentos futuros. E por fazermos isso com frequência, na maioria das vezes, essa conversa não dura mais que 10 minutos, mas é essencial para, não só deixarmos tudo alinhado, mas para mantermos o foco no que é realmente importante para as nossas vidas.

2. Estabeleçam Metas e Objetivos

Hoje, acredito muito que, para um relacionamento dar certo, é preciso manter a individualidade de cada parte da relação e acho que isso se estende para a questão de alcance de objetivos também.

Porém, se o casal não tiver foco em objetivos em comum, uma hora ou outra, querendo ou não, cada um segue o seu próprio caminho. Fora que, eu e o marido vimos, na prática, como foi mais fácil realizarmos muitas coisas juntos do que se tivéssemos feito cada um por sua conta.

Não daria certo? Claro que daria! Com planejamento, foco e determinação, qualquer um consegue, mas com certeza, foi mais rápido e fácil fazermos juntos.

Por isso, o diálogo é super importante para o casal alinhar todos os desejos, anseios e angústias para, a partir de então, analisar as possibilidades e estabelecer as suas metas e objetivos.

*Importante! Sempre estabeleça objetivos com MÊS e ANO! Isso faz toda diferença na motivação e foco!

É a partir deste ponto que o casal consegue pesquisar o quanto precisará investir em cada meta ou objetivo e programar as finanças mensalmente. E assim, tudo volta ao mesmo ciclo de diálogo > metas e objetivos.

Claro que não há fórmula ou regra para um planejamento pessoal ou do casal dar 100% certo, mas com certeza esses dois itens são fundamentais não só para o alcance dos objetivos, mas para a relação em si, pois com isso, o casal estará sempre se desafiando a ir mais longe.

O que você acha disso? Há alguma outra coisa que você faça no seu dia a dia com o seu parceiro ou parceira que faz toda diferença no planejamento financeiro e consequentemente, nas conquistas?

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *